você pode perder peso, esculpir um corpo forte e magro e fazer com que suas endorfinas se elevem

você   também pode contar com exercícios para tornar seu tempo mais agradável. Pesquisas recentes indicam que a imagem melhorada do corpo, bem como fazer apenas 20 minutos de exercício por dia, permite que você goste mais do sexo e se torne mais sexualmente excitado. Além do treinamento cardiovascular e de força, a flexibilidade é crucial para um melhor sexo. Isso ajuda a aliviar dores Os músculos do assoalho pélvico fazem parte integrante do orgasmo e Kegels é uma maneira fácil de melhorar a força desses músculos. Além disso, eles oferecem grande satisfação sexual e orgasmos mais fortes COMO FAZ-LOS: Você pode fazer Kegels em qualquer lugar – sentado, parado ou deitado. Concentre-se em apertar os músculos do assoalho pélvico (como se estivesse tentando parar o fluxo de urina). Segure por três a cinco segundos e repita. Faça isso por cinco minutos por dia ou ao longo do dia.O QUE PENSA? Alguma vez você já fez algum desses exercícios? Eles tiveram um impacto na sua vida sexual? Há outros que você jura para lhe dar um impulso extra no quarto? Compartilhe suas experiências e sugestões nos comentários abaixo!

As garotas curvas são incríveis na cama, especialmente quando estão confiantes do corpo! Nós somos mais complicados e mais confortáveis, e todo esse contato físico extra apenas faz uma experiência muito mais íntima e conectada
Deixe-o agarrar, espremer e sugar a pele extra. É uma ativação total para ele! Se, no entanto, você tentar esconder essas curvas femininas evitando certos movimentos e posições que possam acentuar seus recursos, você estará tirando da experiência e prazer tanto para você quanto para ele “, diz House. Mova seu corpo sem vergonha ou medo de como sua pele se dobra ou agita.

O bom sexo é como um treino para os músculos do seu assoalho pélvico. Quando você tem um orgasmo, causa contracções nos músculos, o que os fortalece.

Reduz sua pressão sanguínea

A pesquisa sugere uma ligação entre sexo e pressão arterial mais baixa, diz Joseph J. , MD. Ele é CEO e diretor médico da Amai Wellness.

“Houve muitos estudos”, diz ele. “Um estudo histórico descobriu que a relação sexual especificamente (não a masturbação) reduziu a pressão arterial sistólica”. Esse é o primeiro número no teste de pressão arterial.

Melhora o controle da bexiga das mulheres

Um forte assoalho pélvico é importante para evitar a incontinência, algo que afetará cerca de 30% das mulheres obesas em algum momento de suas vidas.O conselho mais comum sobre como se aproximar do sexo quando sofre de dor crônica é … com cuidado. A mensagem típica é que a intimidade é desafiadora e desconfortável, mas, em última análise, vale a pena por causa do relacionamento. No entanto, este conselho negligencia evidências de que a intimidade sexual pode reduzir a dor, o que significa que a dor crônica pode ser mais motivo, e não menos, para praticar atos sensuais.

O sexo promove a saúde do coração. Um estudo no American Journal of Cardiology sugere que os homens que fazem sexo duas vezes por semana têm um risco menor de doença cardiovascular (DCV) do que os homens que têm sexo menos freqüente. E isso foi verdade mesmo depois que os pesquisadores ajustados para a disfunção erétil. Analisando os registros de saúde de 1.165 homens que foram monitorados por 16 anos como parte do estudo Massachusetts Massachusetts, os epidemiologistas dos Institutos de Pesquisa da Nova Inglaterra descobriram que os homens que tinham atividade sexual uma vez por mês ou menos estavam com 50 por cento maior risco de doença cardiovascular Do que os homens que tiveram sexo mais de uma vez por semana. "Nossa pesquisa descobriu que uma baixa freqüência de atividade sexual previu novos eventos cardiovasculares", diz Susan Hall, PhD. Hall diz que uma série de fatores possíveis poderiam ter contribuído para a descoberta do estudo: a capacidade psíquica de ter sexo pode ser um marcador para a saúde geral, ou o exercício físico por sexo pode proteger diretamente contra DCV. Ou pode ser que homens que tenham sexo regular desfrutem de uma melhor saúde através da redução do estresse de um relacionamento de apoio. Seja qual for o motivo, parece que o sexo é bom para o seu ticker.
O conselho mais comum sobre como se aproximar do sexo quando sofre de dor crônica é … com cuidado. A mensagem típica é que a intimidade é desafiadora e desconfortável, mas, em última análise, vale a pena por causa do relacionamento. No entanto, este conselho negligencia evidências de que a intimidade sexual pode reduzir a dor, o que significa que a dor crônica pode ser mais motivo, e não menos, para praticar atos sensuais.O sexo promove a saúde do coração. Um estudo no American Journal of Cardiology sugere que os homens que fazem sexo duas vezes por semana têm um risco menor de doença cardiovascular (DCV) do que os homens que têm sexo menos freqüente. E isso foi verdade mesmo depois que os pesquisadores ajustados para a disfunção erétil. Analisando os registros de saúde de 1.165 homens que foram monitorados por 16 anos como parte do estudo Massachusetts Massachusetts, os epidemiologistas dos Institutos de Pesquisa da Nova Inglaterra descobriram que os homens que tinham atividade sexual uma vez por mês ou menos estavam com 50 por cento maior risco de doença cardiovascular Do que os homens que tiveram sexo mais de uma vez por semana. “Nossa pesquisa descobriu que uma baixa freqüência de atividade sexual previu novos eventos cardiovasculares”, diz Susan Hall, PhD. Hall diz que uma série de fatores possíveis poderiam ter contribuído para a descoberta do estudo: a capacidade psíquica de ter sexo pode ser um marcador para a saúde geral, ou o exercício físico por sexo pode proteger diretamente contra DCV. Ou pode ser que homens que tenham sexo regular desfrutem de uma melhor saúde através da redução do estresse de um relacionamento de apoio. Seja qual for o motivo, parece que o sexo é bom para o seu ticker.
"O sono
regra geral, mas você deve saber disso, de qualquer maneira – quanto mais sexo você tiver, mais saudável será. Não só pode ajudar o seu estado de espírito geral (reduzindo assim o estresse), mas os estudos mostram que existem formas tangíveis que o sexo retarda o processo de envelhecimento, luta contra a doença e até cura feridas. Aqui, uma repartição completa das maneiras de obtê-lo pode salvar você uma viagem

Saúde do cérebro

Estar adormecido pode parecer a última forma de inatividade, mas essas horas inconscientes são realmente um tempo de trabalho árduo para o seu corpo. O sono é uma maneira de que seu corpo se recupera de danos e protege-se contra doenças, diz Michael , PhD, diretor do Centro Nacional de Pesquisa sobre Distúrbios do Sono para o Instituto Nacional de Pulmão e Sangue do Coração. “O sono é uma parte de todo o ritmo da vida”, diz  “Sempre que pesquisadores penetram e perturbam esse ritmo, a biologia se torna menos eficiente. E essa ineficiência basicamente leva à doença. “Aqui está um olhar de cabeça para o dedo como o sono revive as várias partes do seu corpo.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.